O vôo do chef

Blog gastronômico

A História do Sanduíche

with 3 comments

A história do sanduíche é a história do inglês Fourth Earl of Sandwich, primeiro lorde do almirantado, ou simplesmente John Montagu, também conhecido como Conde de Sandwich. Ele viveu de 1718 a 1792. Naquela época, nenhum homem público teve reputação de ser mais amargo e, ao mesmo tempo, mais amado por seus subordinados no almirantado. Atribui-se a ele, que era um jogador inveterado, o conceito do sanduíche (sandwich): carne entre duas fatias de pão. A invenção teria sido a forma encontrada por Montagu para resistir o maior tempo possível nas mesas de jogatina. Com a ajuda do sanduíche, ele não perdia uma rodada sequer.

 
De lá para cá, as pessoas ficaram muito mais ocupadas que o nobre inglês, e a criação do criado virou mania universal. Atraente pelo visual, na maioria das receitas tão simples, o sanduíche viu passar dois séculos incorporando à sua fórmula básica tudo o que se possa imaginar de comestível. Hoje vivenciamos cadeias mundiais de sanduíches, como o McDonald’s, Burger King entre tantas outras. Hamburgueres e hot-dogs são conhecidos praticamente no mundo todo.

Hoje para inaugurar esta nova categoria que aqui estou postando, vou dar uma receita de um sanduíche perfeito para tomar com cerveja. O meu sanduíche de Goulash!

Ingredientes

3 xícara água (720 ml)
6 unidade cebola média (600 gr)
700 gr músculo
1 colher sopa páprica doce
1 colher chá páprica picante
1 Colher chá Sal

 Modo de preparo

Corte a cebola em rodelas. Limpe bem a carne, retirando o máximo de nervos e gorduras. Corte a carne em cubos de 2,5 cm. Coloque todos os ingredientes em uma panela de pressão, tampe-a e leve ao fogo alto. Quando a válvula começar a chiar, reduza a chama e cozinhe por cerca de 45 minutos. Retire do fogo, espere acabar a pressão e abra a panela. Normalmente eu volto a panela de pressão destampada ao fogo baixo e deixo até engrossar o molho, se precisar vá desmanchando a carne com uma colher de pau.  Sirva como recheio de um pão de sal crocante. A bebida ideal para acompanhar é uma cerveja bem gelada.

Eu adoro comer sanduíche e muitas vezes troco uma refeição por um!

Inté.

Written by ovoodochef

agosto 17, 2010 às 10:58 pm

Publicado em Hi(e)stória, Receita

3 Respostas

Subscribe to comments with RSS.

  1. Não é por que é meu marido não, mas aqui vai um testemunho: eu odeio músculo, mas esse sanduíche eu como feito uma louca… é maravilhoso. Podem fazer sem medo.

    Ana Cristina Barros

    agosto 18, 2010 at 12:29 am

  2. PUTZ,
    ler um post desses a 8:57h da manha é um problema…ja fiquei com agua na boca e vontade de comer….

    vou experimentar…receita anotada e guardada!

    Ney Barros

    agosto 19, 2010 at 8:58 am

  3. Adorei, eu mesmo vou tentar fazer, e vou indicar pras minhas irmãs também!

    Carolina Moraes

    agosto 19, 2010 at 3:43 pm


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: